Gruta do Lago Azul em Bonito reabre com novas normas para visitação

As atividades do turismo do Estado também estão se transformando para atender este nicho que tem sido muito impactado diante a pandemia e nesta quinta-feira (180, em Bonito, cidade localizada há 350km da Capital, retorna com número limitado de visitantes a um dos principais cartões postais do turismo local , A GRUTA DO LAGO AZUL.

Com número máximo de visitantes por dia será de 80 pessoas, sendo 10 por turmas e somente será permitida com acompanhamento de guia de turismo local, profissional que deve ter registro no Ministério do Turismo. A idade mínima é de 6 anos ou altura de, pelo menos, 1,30 cm.

O intervalo de visitação entre grupo e outro é de no mínimo 1 hora para evitar possível encontro entre eles. Será obrigatório o uso de capacete e tênis ou calçado com solado de borracha para entrar na cavidade. Também será exigido uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual).

Não é recomendado o acesso de pessoas imunodeprimidas ou com limitações de locomoção, nem mulheres grávidas a partir do sexto mês de gestação.

O valor do passeio na Gruta do Lago Azul varia de R$ 90,00 por pessoa, na baixa temporada, e R$ 130,00 na alta temporada.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *