Programa Agrinho aborda a importância dos alimentos saudáveis

Desenvolvido pelo Senar de Mato Grosso do Sul, o programa Agrinho chega à sua 7ª edição trazendo como tema “Práticas agropecuárias que garantem alimentos saudáveis”. Além das escolas públicas, a iniciativa, que é voltada a alunos e professores do 1º ao 9º ano do ensino fundamental, terá como novidade a participação das escolas particulares do estado.

“A abrangência para instituições privadas visa aumentar o atendimento do Agrinho no estado. Em 2020, nossa meta é atender uma média de 200 mil alunos e 8 mil professores de 400 escolas, localizadas em 70 municípios. Em 2019, foram 160 mil alunos atendidos. Temos a convicção de que a educação é a chave para a transformação de uma sociedade”, afirma o superintendente do Senar/MS, Lucas Galvan.

Outra inovação neste ano é que todo o material de formação voltado aos professores, coordenadores e diretores escolares ficará disponível no site do Programa Agrinho.

Lançado no estado em 2014, o Agrinho é, hoje, o maior programa de responsabilidade social do Senar/MS. Tem como diferencial o material didático, que é exclusivo para cada ano escolar – do 1º ao 9º, do ensino fundamental I e II -. Todas as cartilhas são regionalizadas para temas e conteúdos contextualizados à realidade de Mato Grosso do Sul.

Referência

O programa possui uma equipe de instrutores formada por pedagogos e outros profissionais da área da educação que dão suporte à rede escolar quanto ao desenvolvimento das atividades ao longo do ano e à participação no Concurso Cultural, que acontece ao final do período letivo, premiando as melhores redações e desenhos dos alunos.

A proposta do Agrinho está diretamente ligada à Pedagogia da Pesquisa, onde, por meio de debates, discussões, desconstrução e construção de novos conhecimentos, se busca a conclusão de experiências que possibilitam o desenvolvimento de cidadãos mais críticos e criativos, ressaltando, em todos esses anos, a conexão do campo com a cidade.

Segundo Luciana Baumhardt Beretta, gerente da Unidade Educacional do Senar/MS, o programa é pautado nos temas transversais, tendo como linha condutora os valores da ética, amplamente trabalhados em sala de aula. “Nesses seis anos de Agrinho, percebemos que, a cada ciclo, alunos, pais e professores desenvolvem novos conhecimentos e habilidades; se tornam mais críticos em relação ao cotidiano. Isso faz a diferença para toda a comunidade envolvida”, destaca.

Todas as informações sobre o Programa Agrinho, podem ser acessadas no site: agrinhoms.com.br

Fonte: Assessoria de Comunicação do Sistema Famasul – Leandro Abreu

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *