Manifestações homenagem vítimas do massacre ocorrido em Suzano

A população de Suzano, na Grande São Paulo, prestou hoje (13) homenagem às vítimas do massacre ocorrido há um ano na Escola Estadual Raul Brasil. Por iniciativa da prefeitura, 33 escolas da cidade participaram de atividades por cultura e paz.

Os organizadores exibiram um vídeo elaborado a partir de ideias de crianças e jovens que escreveram cartões com seus desejos, que vão compor uma instalação artística no Parque Max Feffer. O parque fica a cinco quarteirões do colégio onde dois alunos entraram armados e assassinaram seis colegas e dois funcionários. Segundo a Polícia Militar um dos atiradores matou o colega e depois se matou.

A escola Raul Brasil passa atualmente por um processo de revitalização. De acordo com a Secretaria Estadual de Educação de São Paulo, 90% da reforma já foi concluída. O término das obras, inicialmente previsto para março, deverá ocorrer no mês de abril. O projeto, que custará mais de R$ 3,1 milhões, está sendo financiado com a ajuda de parceiros privados.

A revitalização da unidade inclui a construção de novas áreas comuns, de estudo, de convivência e administrativas. Prevê ainda a demolição e reconstrução de novas salas de aula, do Centro de Ensino de Línguas (CEL), banheiros e cantinas, além da reforma das salas de leitura e informática. Haverá entradas diferentes para alunos e para pessoas de fora da escola, que não terão acesso aos estudantes.

Também está sendo criada uma área de 1,5 mil metros quadrados para uso comum, que contará com paisagismo, além de um espaço destinado à prática de esportes, aulas ao ar livre e bicicletário.

De acordo com a pasta, o muralista Eduardo Kobra e sua equipe vão pintar painéis internos e os muros externos da escola. Os desenhos serão criados a partir de um concurso que vai reunir os alunos das 60 escolas da região de Suzano e selecionar os melhores trabalhos.

AGENCIA BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *