Rezende estuda aumentar suporte para pacientes com Covid19 na UPA de Três Lagoas

O secretário de Saúde do Estado, Geraldo Rezende admitiu a situação crítica em todas as macro-regiões do MS da falta de vagas em  UTI’S e nas UPAS do Estado para COVID19. Durante o evento que comemorou 1 milhão de vacinados e que aconteceu na Capital do último sábado (22), o secretário falou sobre uma ação de emergência que pretende aplicar em Três lagoas também.

Durante a cerimônia, Geraldo ainda informou que as Upas em cidades do interior vão receber aporte para atender pacientes que necessitem de suporte como respiradores. “Em Dourados, vamos ter que transformar a Upa, a única que existe em Dourados, agora para dar suporte a pacientes com Covid-19. E por isso, essa reunião emergencial, que vamos montar lá toda estrutura para dar suporte ventilatório, com equipamento de UTI, dentro da Upa de Dourados, assim como vamos fazer também em Três Lagoas. E como estamos ajudando outros municípios a fazer e no Estado como um todo. Em Ponta Porã, como nós já tínhamos 30 leitos de UTI, vamos ter que abrir mais 10 novos leitos de UTI e mais 20 leitos clínicos. Assim como estamos aguardando a abertura de leitos de UTI em Três Lagoas no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora e no Hospital Universitário de Dourados”.

Em Três Lagoas todos os pacientes com problemas respiratórios são levados para a UPA, local que já há meses está sendo exclusivo para pacientes com Covid-19, mas que não tem todos os recursos para internação e por isto enviam para os hospitais próximos ou quando surge vaga para o hospital Auxiliadora.

A Comitiva do Governo do Estado virá a Três Lagoas na próxima quinta-feira (27).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *