Amanhã é dia de comprar no 1 Bazar Online do Coletivo de Brechós do Mato Grosso do Sul

A pandemia tem mudado os hábitos e a cultura da população do mundo todo. Os comerciantes, autônomos ou não ,estão tendo que criar novas formas de “vender seus produtos” e amanhã (8), um grupo de comerciantes, donas e donos de brechós que tiveram seus negócios seriamente impactados farão o primeiro Bazar Virtural.

Brechós de Campo Grande se unem e promovem um bazar online, para tentar driblar a crise que a pandemia trouxe para o segmento. Os expositores são 15 brechós participantes do Coletivo de Brechós do Mato Grosso do Sul, que não tendo como fazer os eventos presenciais que aconteciam todos os meses na Plataforma Cultural, decidiram criar o evento de forma virtual.

“Nós estamos parados desde março com as feiras e eventos do nosso setor, que acontecia mensalmente. Isso afetou muitas das participantes que tinham apenas lojas virtuais e a feira era o seu maior faturamento. Como a pandemia está longe de passar, resolvemos nos unir e fazer o evento online. Criamos um grupo de whatsapp, e divulgamos a data em que as expositoras irão postar as peças, cada uma de sua casa ou loja, e as clientes aderiram. O grupo já está lotado, não cabe mais ninguém”, conta Val Reis, coordenadora do Coletivo de Brechós.

Na noite da última quinta (6), Val Reis junto com as demais participantes devido a grande procura de novas interessadas em entrar no grupo que já havia sido encerrado, abriram um segundo grupo. Interessadas podem correr para fazer parte no endereço: https://bit.ly/bazarcoletivo2

No dia 8 de Agosto, a partir das 8 horas da manhã, serão postadas as fotos das peças, com descrição e preço, além da identificação de que brechó está divulgando. As pessoas que gostarem das peças vão reservando, e as reservas ficarão disponíveis por 48 horas. A entrega ou retirada vai ser negociada diretamente com cada expositor, que poderão mandar até a cidade da pessoa interessada. Mas TUDO precisa ser negociado na hora da compra.


“Nós estamos muito otimistas, acreditamos que o formato irá funcionar e enquanto não pudermos nos reunir novamente nos eventos, vamos promover nosso trabalho de forma virtual. Nossos clientes ficaram super empolgados, pois já estavam sentindo falta das feiras do Coletivo. Depois da feira de sábado, o grupo continuará aberto para novos eventos, mas sempre focado em feiras pontuais e não posts aleatórios”, afirma Val Reis.

O evento online acontece no sábado, dia 8 de agosto, das 8 da manhã as 18 horas. Serão 15 brechós participantes, postando peças durante todo o dia, com horários alternados entre eles. Cada brechó terá 10 minutos para divulgar suas peças, em 4 horários diferentes durante o dia. O preço é a partir de R$ 5,00.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.