Defesa do conselheiro Waldir Neves se manifesta

Acusação  de assédio moral feita por servidor do TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso do Sul) contra o presidente do TCE, Waldir Neves veio a tona ontem (30),e a defesa do conselheirose manifestou sobre o assunto.

Segundo Andre Borges, advogado de defesa de Waldir Neves  a denuncia feita pelo servidor tratar-se de interesse em ‘obter lucro fácil sem o trabalho’. Após apurar o caso, o MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul) pediu que ele seja alvo de inquérito policial a fim de apurar se houve crime.

Confira a íntegra da manifestação da defesa:

O que consta da matéria já é objeto de processo judicial, com defesa apresentada, onde tudo foi devidamente esclarecido, aguardando-se para breve decisão do Poder Judiciário, que, pela seriedade e eficiência com que sempre atua, saberá repor a verdade e afastar o que é abuso e interesse em obter o lucro fácil sem o trabalho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *