Cassiano Maia surpreende pares e acelera votação de Mesa Diretora para 2023 e 2024

ARTIGO

Mal começou o ano na Casa de Leis em Três Lagoas e o presidente da Casa de Leis, Cassiano Maia que vem desde que assumiu a presidência agindo de forma repentina e surpreendendo os demais vereadores com as decisões tomadas inesperadamente, voltou a agir na última quarta-feira (9), quando foi anunciada a eleição para a formação da próxima Mesa Diretora do próximo biênio, sem ao mesmo dar oportunidade para que outras chapas fossem formadas.

O vereador Paulo Veron, se surpreendeu e além dele a vereadora Saiury e o Britão não estavam na hora em que a lista para coletar a assinatura para a votação passou na Casa. Com 13 votos haverá a eleição com apenas uma chapa a mesma já empossada.

Mais uma vez assim como a contratação do aditivo em favor da agência de publicidade foi votado e aprovado sem a presença de todos os vereadores. Como a maioria faz parte deste grupo aliado do executivo comandado por Angelo Chaves Guerreiro, não existe democracia, já que a maioria decide conforme interesses.

Com a continuidade da Mesa diretoria atual até 2024, o que está sendo proposta garante o poder ao presidente Cassiano Maia e ao primeiro Vice-Presidente, Adriano César Rodrigues quem assume no caso da saída do presidente, caso ele necessite assumir a Prefeitura da cidade Presidente – Cassiano Rojas Maia, permanecerá da seguinte forma:

Primeiro Vice-presidente – Adriano César Rodrigues
Segundo Vice-Presidente – Marisa Andrade Rocha
Primeiro secretário – Breno César Vitório Gonçalves
Segundo secretário – Issam Fares Júnior

Mais uma vez o povo Três Lagoense foi usado e feito de fantoche para que os interesses particulares desses políticos pudessem concretizar.

Sem esquecer que a vereadora Marisa Rocha mesmo sendo traída pelo grupo de Guerreiro em sua última gestão na qual ela foi cassada, ela retornou ao mesmo grupo que a excluiu quando necessário.

Infelizmente três parlamentares que tem trabalhado em favor da população sem interesses pessoais fazendo parte da oposição ou independência, continuam vencidos por esta maioria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *