Chef confeiteiro aprova as maravilhas turísticas do MS

O Governo do Estado através de um convite da Fundação de Turismo e com apoio do Sebrae MS, trouxe o chef de cozinha, Lucas Courazza, que é também jurado do programa ‘Que Seja Doce’, do canal GNT ao MS.

Corazza fez uma famtour (viagem de familiarização) que teve foco nos públicos LGBT e de turismo gastronômico. A ação tinha o objetivo de mostrar a rica gastronomia sul-mato-grossense e a hospitalidade dos destinos com o segmento LGBT.

Lucas relata que MS é um destino de turismo natural e de aventuras, mas que contempla todas as idades, com atividades em Bonito, como flutuação e rapel com total segurança, e a contemplação no Pantanal com as focagens noturnas de animais e os safaris.

“Foram duas formas de conexão que, numa pós-pandemia, ampliou meus horizontes, banhou meus olhos com uma beleza que ultrapassa as paredes do ‘quadradismo’ da nossa casa e nos faz respirar com mais leveza. E obviamente eu combinei tudo isso com o turismo gastronômico que, apesar de ser meu foco, era realmente complemento para tantas atividades lindas”.

O início do roteiro compreendeu um passeio por Campo Grande, onde o influencer, que estava acompanhado do diretor de conteúdo Marcell Filgueiras, conheceu alguns pratos típicos da região e fez um city tour pelos principais pontos turísticos. O chef também se encontrou com chefs da cidade para troca de informações, experiências gastronômicas e receitas. Segundo Lucas, “Campo Grande é uma cidade que, apesar de jovem, está extremamente bem equipada, com muitas histórias legais para serem reveladas”.

“Foi uma viagem espetacular”. É assim que o chef Lucas Corazza começa a descrever os dez dias que passou em Mato Grosso do Sul. Ele conheceu destinos como Campo Grande, Bonito/Serra da Bodoquena, Pantanal e aproveitou para aliar a gastronomia em seu roteiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *