DETRAN volta a operar de forma presencial nesta sexta-feira

Após quase 15 dias de fechamento em função de medidas restritivas mais severas impostas pela pandemia do Novo Coronavírus (Covid-19) em algumas cidades do Estado, as agências do Detran-MS (Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul) retomam o atendimento nesta sexta-feira (25).

A gerente regional do Departamento, Laiza Machado, lembra que todos os que estavam agendados até o último dia 14 de junho serão atendidos conforme comunicado feito pelos servidores por telefone, SMS ou e-mail.

“Ninguém vai ficar sem atendimento, estamos preparando três sábados consecutivos de mutirão para colocar em dia qualquer situação que possa ter sido atrasada em função deste período de fechamento”, afirmou a gerente.

Importante salientar ainda que há uma série de prazos suspensos por tempo indeterminado conforme Resolução Contran 832/21. Com isso, estão interrompidos os prazos para serviços como transferência de veículos adquiridos desde 24 de fevereiro deste ano, o registro de veículos novos comprados desde 11 de março deste ano, além de Defesa de Autuação e Recurso de Multas, indicação de condutor infrator e recurso de suspensão de cassação de CNH, todos com prazo de 26 de março de 2021.

A diretora de Habilitação, Lina Issa Zeinab, também aproveita o momento para lembrar que as habilitações vencidas em março do ano passado ainda estão válidas e o prazo para regularização também está suspenso por tempo indeterminado. “Não há motivo para pressa”, afirmou.

Os proprietários de veículos apreendidos durante o período de fechamento do Departamento terão uma semana para quitar os débitos e retirá-los com o abono dos dias em que não houve atendimento. Ressaltando que, quem não procurar o Departamento ainda essa semana não terá direito ao abono.

O diretor-presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, lembra que o fechamento ocorreu no momento em que era necessário mas o trabalho interno não foi interrompido. Agora os serviços presenciis voltam e gradativamente as coisas vão voltando a sua normalidade, sem esquecer da importância de mantermos o distanciamento e todas as medidas necessárias para conter os avanços da doença em nosso Estado.

Vivianne Nunes, Detran

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *