Sem leitos de UTI e Câmara municipal realiza sessão presencial diante a pandemia

O MS voltou a aparecer como um dos Estados com aumento de casos de Covid-19, divulgados no último jornal nacional da globo. O secretário de Saúde Geraldo Rezende afirmou no último final de semana a gravidade do avanço da Covid-19, e a falta de leitos de UTI em três Lagoas e demais macro-regiões, mas mesmo diante tantos alertas há três sessões a Casa de Leis de Três Lagoas, sem explicações voltou a realizar as sessões de forma presencial.

Na Capital do Estado com o aumento no número de contaminados por Covid-19 desde o dia 05 de maio, o presidente da Mesa Diretora da Câmara Municipal, vereador Carlos Borges (PSB), decidiu retomar as sessões remotas a partir da próxima quinta-feira (27).

Conforme a divulgação da última terça-feira (25), feita pela Prefeitura de Três Lagoas, por meio do setor de Vigilância Epidemiológica da Secretaria Municipal de Saúde (SMS),  80 pessoas foram confirmadas como positivas, sendo que destas, 02 casos foram excluídos do E-SUS por exportação para SIVEP ou outra localidade, totalizando 15.661 casos da doença. Outras 76 pessoas finalizaram a quarentena e foram consideradas recuperadas da doença. Alertando sobre a falta de UTI e que há 03 pessoas aguardando leitos de UTI e 01 leito de enfermaria no Pronto Socorro do Hospital Auxiliadora, além dos  03 óbitos registrados .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *