Policiais fazem ronda ostensiva na Capital no primeiro dia do novo toque de recolher

Operações da Polícia Militar para conter desobediência ao novo toque de recolher – instituído pelo Governo do Estado  – começou com abordagem e fechamento de bares, assim como dispersão de pessoas que estavam as ruas fora do horário permitido, que a partir do domingo (14), segue das 20h até às 5 da manhã, durante o período de 14 dias.

Uma frente de fiscalização saiu do Comando da Polícia Militar em Campo Grande, com 14 viaturas da segurança pública, sendo 13 da Polícia Militar, incluindo duas do Batalhão de Choque e mais um do Corpo de Bombeiros.  Com efetivo de 50 homens, o grupo percorreu três regiões da cidade, seguindo primeiro pelo Imbirussu, depois a região da Lagoa e por fim a área central.

No comando, o Capitão Fernando da Costa Neves explicou que o objetivo desta ação era fazer a dispersão de pessoas que estavam fora do horário permitido e fechamento de estabelecimentos que não são essenciais. “A nossa intenção neste primeiro momento é orientação, caso nas próximas abordagens também haja descumprimento das regras, então haverá as punições cabíveis”, explicou ele.

O grupo saiu para as ruas em comboio a partir da 20h, seguindo pela Avenida Mato Grosso, depois Vila Planalto, chegando a Orla Morena, onde houve a primeira abordagem de sete jovens estavam no local. Após revista, eles foram informados sobre as regras e novo horário do toque de recolher e liberados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *