Prefeito ilude a população em vídeo e manda projeto de cobrança de taxa de lixo

O final de semana em Três Lagoas foi agitado nas redes sociais diante do anuncio do projeto de lei que será votado nesta segunda-feira (20), para a cobrança de taxa lixo na cidade.

E o prefeito usou de suas redes sociais para transmitir um vídeo feito dentro do lixão da cidade informando a população que está sendo obrigado a cobrar a taxa de lixo da população e sugeriu que haverá projetos criados em 2022 que beneficiarão os menos favorecidos. Assim propondo “toma lá da cá”.

Guerreiro no vídeo se disse obrigado a cobrar a taxa para não sofrer a sansão de improbidade administrativa, algo que é subjetivo, e que já é visto que prefeitos de outras cidades não foram punidos com a isenção da taxa, como aconteceu em Birigui aonde os vereadores de lá não aceitaram o projeto.

O prefeito em tal vídeo tentou passar para a população que ele não tem outra saída, mas em momento algum convocou a população anteriormente para debater o assunto.

O tema agitou a cidade e os vereadores: Sayuri Baez, Davis Martinelli e Paulo Veron usaram de suas redes para avisar a população que estava “as escuras sobre a chegada deste projeto que cobrará a taxa do lixo da população, sem ao menos explicar como será feita, a forma, os valores etc.

Municípios como: Amparo, Mogi das Cruzes, MonteMor, Piracicaba, Assis, Novo Horizonte, birigui, bebedouro, morrinho e dentre outros não aceitaram o projeto da cobrança de lixo e Três Lagoas com orçamento de 1 bilhão e referência como Capital da Celulose não terá esta condição?

Os vereadores da base do prefeito estão afirmando que é uma Lei Federal, mas que é a forma que estão tentando mais uma vez driblar a população e isentar o prefeito que a toque de caixa mandou este projeto na última sexta-feira (17), para a Casa de Leis da cidade sem ao menos ouvir a população, realizar audiências publicas etc.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *