Representantes de empresas que concorreram na Licitação do Lixo destacam ausência de concorrente

A licitação dos resíduos sólidos domiciliares e de Saúde após cancelamentos anteriores por irregularidades encontradas nos editais propostos  aconteceu na ultima quinta feira (12), Paço Municipal e trouxe novos questionamentos sobre os erros que permaneceram no edital, alem da questão da ausência da Kurica, a principal empresa que vem questionando as irregularidades dos editais realizados por Guerreiro (PSDB).

Desta vez a licitação foi dividida em duas partes, licitação para interessados em participarem na coleta de resíduos sólidos domiciliares que aconteceu pela manhã e contou com 11 empresas interessadas em levar a coleta, o qual o contrato emergencial que vigora vence agora no fim de abril. E de tarde aconteceu à licitação para as empresas interessadas na coleta dos resíduos de Saúde, popularmente conhecido como resíduos hospitalares.

Os representantes das empresas Ato, Bio, San Cristo e Simplistos participantes na licitação dos Resíduos de Saúde,  questionaram a ausência da presença física da empresa Kurica Ambiental que desde o primeiro Edital vem questionando as irregularidades presentes, e conseguiram as anulações  anteriores.

Marcos, representante da empresa Ato questionou com estranheza a ausência da Kurica Ambiental. Ele ressaltou que todos os apontamentos feitos por ela estavam embasados nos mesmo pontos que eles pediram a anulação do edital e não foram atendidos, com a justificativa de que o apontado estava regular. Questionou e lamentou a ausência desta outra participante que tem cobrado.

A reportagem procurou representantes da Kurica que explicaram o motivo da ausência na licitação feita na ultima semana, que causou estranheza e surpresa, afinal ela vem realizando inúmeras representações contra as irregularidades deste procedimento que há anos vem sendo feito por uma única empresa, a Financial.

A advogada da empresa Curica Ambiental respondeu sobre a ausência nas duas licitações. “A Kurica ao ai anuir em um processo cheio de vícios e irregularidades, que corre risco de nova anulação” explicou a advogada Elisangela Areano Arduim.

Na licitação ocorrida pela manhã os participantes presentes foram

Financial, FFCO, Litucera, Vale Norte, Sol Brasil, CGC construção, Eppo, Monte azul, Sanetran, Morena coleta e Trans resíduos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *