Suposto impedimento para vereadores adentrarem na “Fazendinha” vem à tona

No fim da tarde deste sábado (1), o mistério sobre a proibição da entrada dos vereadores para visitar o local chamado de “Fazendinha”, em Três Lagoas veio à tona revelando o motivo da demora da documentação  de liberação por parte do Executivo da cidade para que vereadores visitassem o local,  que já passava de 20 dias da espera pela liberação.

A revelação veio através da postagem do vereador Davis Martinelli (DEM), um dos parlamentares interessados em visitar o local. A imagem postada em sua página da Rede Social mostra milhares de camas e guarda roupas sendo queimados na Fazendinha.

Na postagem o vereador ainda questiona, porque os móveis que haviam sido doados por uma empresa de celulose para o local, não poderia ter sido doado.

Até o jurídico da prefeitura chegou a mandar um ofício questionando o porque da visita dos vereadores, que foram eleitos com objetivo também de fiscalizar e agora descobriram suposto motivo do  impedimento.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *