Água e luz não sofrerão cortes por 90 dias aos consumidores impossibilitados de pagar

Diante a pandemia do Coronavirus o Governador do Estado, Reinaldo Azambuja dentre outros governadores pediram a intervenção e atenção da ANEEL ( Agência Nacional de Energia Elétrica ), para com as contas de energia neste período de isolamento.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), ontem (24), respondeu aos pedidos dos governantes dos Estados assim como a do presidente da Republica, Jair Bolsonaro e  suspendeu os cortes no fornecimento de energia elétrica motivados por falta de pagamento dos consumidores. A medida vale por 90 dias.

A Aneel também permitiu que as distribuidoras suspendam temporariamente o atendimento presencial ao público, como medida para preservar a saúde dos seus colaboradores e da população. De acordo com o secretário Jaime Verruck, a Enersul (Agencia reguladora de energia em alguns municípios do MS) deve adotar essa medida, mantendo os atendimentos a distância.

Além disso, a agência reguladora autorizou a suspensão da entrega da fatura mensal impressa no endereço dos consumidores. O pagamento poderá ser feito por faturas eletrônicas ou código de barras disponibilizadas por meio de canais eletrônicos, site ou aplicativo.

As distribuidoras poderão ainda realizar leituras do consumo em intervalos diferentes do usual, ou mesmo que não realizem a leitura. Quando não houver leitura, o faturamento será feito com base na média aritmética do consumo nos últimos 12 meses. No entanto, o consumidor poderá informar a autoleitura do medidor, em alternativa ao faturamento pela média.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *