Compromisso, transparência e combate ao Covid foram alguns pontos destacados pelo Governador em entrevista para rádio local

“Mato Grosso do Sul compre o seu papel no combate à Covid-19”, afirmou o governador Reinaldo Azambuja em entrevista à rádio FM 104,7, da capital, nesta quinta-feira (15).

O governador também ressaltou o empenho do Estado em adquirir doses extras de vacina e reafirmou que o recurso para a compra está garantido e as conversações  adiantadas.

Na entrevista,  Azambuja falou sobre a importância da gestão correta e transparente do dinheiro público. Ele destacou que Mato Grosso do Sul é o estado com mais investimentos públicos estaduais por habitante do País, devolvendo em obras e ações o valor pago pelo contribuinte por meio dos impostos.

“Eu fui escolhido para ser administrador do dinheiro público; não sou dono desse recurso. Quem manda nesse recurso é o povo sul-mato-grossense. O que eu tenho que fazer, como gestor? Administrar bem. Ter coragem para tomar medidas duras como tomamos para não deixar o Estado quebrar, não deixar o estado afundar, como a  maioria dos estados afundaram hoje, infelizmente, porque não dão conta nem de fazer investimento”, afirmou.

Sobre a CPI da Covid do Senado vai investigar além das ações e omissões do governo federal, possíveis irregularidades, fraudes e superfaturamentos em contratos e serviços feitos com recursos originados da União e enviados a estados e municípios,  o governador Reinaldo Azambuja afirmou não temer a investigação e lembrou que o Estado é líder em transparência e não tem nada a esconder.

“Acho que nesse momento, todos teríamos que estar focados na saúde: vacina, imunização, isolamento, precaução da população, evitar mortes. Infelizmente a política muitas vezes não é no ritmo que a gente quer. Eu não tenho preocupação nenhuma com CPI, até porque Mato Grosso do Sul é nota 10 em transparência. Não temos nada a esconder”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *