Onça ferida durante as queimadas do Pantanal retorna à Serra do Amolar

As queimadas ocorridas nos últimos meses do ano passado deixaram o Pantanal devastado e muitos animais tiveram que serem resgatados para serem tratados, como foi o caso da onça pintada que foi encontrada com as patas queimadas e foi levada para o CRAS da Capital do Estado para ser tratada.

Recuperada, com 87 quilos, e monitorada, a onça macho resgatada em novembro do ano passada e trazida para o CRAS (Centro de Reabilitação de Animais Silvestres) foi devolvida a seu habitat natural na tarde desta quinta-feira (21). De novo na Serra do Amolar, exatamente na mesma região em que foi encontrada, o animal, por meio de um colar de monitoramento, terá sua reintegração à natureza acompanhada.

A coleira contém uma bateria e um chip que a cada hora emite um sinal, capturado pelo satélite e retransmitido ao software de monitoramento.  A onça, com aproximadamente dois anos de idade, chegou ao CRAS no dia 4 de novembro, após ter sido resgatada por equipes de organizações não governamentais que atuam no Pantanal.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *