Três Lagoas chega a 53,6% de movimentação as ruas e novas cidades confirmam o Covid 19

A movimentação observada nos municípios do Estado só faz aumentar a possibilidade de interiorização dos casos. No boletim epidemiológico apresentado pela Secretaria de Estado de Saúde (SES) neste domingo (3), Vicentina confirmou o primeiro caso na cidade, e passou a integrar o mapa da Covid-19 que já atinge 22 municípios sul-mato-grossenses.

Três Lagoas possue grande aumento diário de casos  do vírus e a população não vem respeitando e insistem ficar nas ruas, alcançando 53,6% na lista das cidades mais movimentadas do MS.

Detentora de 52,4% do total de casos e três, dos 10 óbitos registrados, Campo Grande atingiu distanciamento de 53,2% no sábado. O monitoramento nas regiões da Capital, indica que as maiores movimentações ocorreram nos seguintes bairros: Rita Vieira (23,1%), São Bento (27,9%), Cabreúva (29,8%), Jardim Tarumã (35,7%) e Centro (36,1%).

Na lista de cidades mais movimentadas na última atualização do monitoramento por geolocalização da In Loco estão: Jardim (44,1%), Ribas do Rio Pardo (45,3%), Bandeirantes (49,2%), Campo Grande (53,2%), Camapuã (53,3%) e Três Lagoas (53,6%).

Neste sábado diversas cidades mapeadas atingiram o índice recomendado: Ladário (86,6%), Itaporã (83,5%), Terenos (79,5%), Glória de Dourados (79,2%), Bela Vista (79,2%), Ponta Porã (76,4%), Selvíria (75,3%), Antônio João (74,3%), Nioaque (74,2%), Guia Lopes da Laguna (74,2%), Chapadão do Sul (73,5%), Sonora (73,2%), Batayporã (73%), Cassilândia (70,9%) e Rio Verde de Mato Grosso (70,5%).

Apesar dos bons índices em diversas cidades, a SES reforça que o uso frequente de máscaras e a taxa acima de 60% de isolamento social também nos dias de semana, são fundamentais para enfraquecer o vírus em Mato Grosso do Sul.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *