Empresa da Capital dribla a crise e pratica a solidariedade envasando álcool 70

O Grupo Refriko, que produz refrigerantes e cervejas em Campo Grande/MS e também no Paraná, já está há duas semanas envasando álcool 70, gratuitamente, para distribuição à unidades de saúde e hospitais dos dois estados. O trabalho está sendo feito em parceria com os governos estaduais e com usinas de álcool. Até o final desta semana terão sido doadas pela fábrica 150 mil garrafas PET de 2 litros e envasados cerca de 500 mil litros de álcool 70 para distribuição.

Num momento difícil como este que estamos passando, muitas indústrias no Brasil tiveram de se reinventar para driblar a crise e, ao mesmo tempo, colaborar com o combate à pandemia da COVID-19 (doença provocada pelo Coronavirus).

Agora, para atender a demanda da procura de álcool 70 no comércio, já que o produto esgotou nas prateleiras dos supermercados e conveniências, a Refriko vai suspender provisoriamente a produção de algumas bebidas do seu catálogo, por 90 dias, para envasar garrafas de 500ml de álcool que serão vendidas a preços populares. A primeira leva já chegou a alguns supermercadosde Campo Grande e o restante deve chegar a cidades do interior do estado em 15 dias.

Serão produzidas nas unidades da Refriko cerca de 30 mil garrafas de meio litro por hora. “O Brasil precisa dessa ajuda e a nossa intenção é atender essa demanda por álcool colocando no mercado um produto de qualidade e com preço justo, acessível para a maioria da pessoas”, ressalta Marcio Mendes, diretor-presidente do Grupo Refriko.

A garrafinha de álcool 70GL de 500ml produzida pela Refriko tem preço sugerido para o consumidor final entre 4 e 5 reais. Mas é preciso que o consumidor fique atento para coibir os abusos, já que no momento há estabelecimentos que querem se aproveitar da situação para aumentar os preços. “A Refriko condena esse tipo de atitude e vai manter a produção com custos baixos para atender à população”, conclui Márcio Mendes.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *