Governo anuncia programa que beneficia as famílias carentes a pagarem menos nas contas de luz

Pagar menos pela conta de energia elétrica certamente é o desejo de milhares de famílias. Por isto é bom saber que existe um programa voltado para as famílias de baixa renda que pode reduzir em até 65% o valor da conta, que é a Tarifa Social de Energia Elétrica. Para orientar as famílias que podem obter o benefício, a Secretaria de Estado de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast) reforça essas informações aos gestores municipais dos 79 municípios, em ocasiões como as reuniões da Comissão Intergestores Bipartite (CIB/MS), e participantes do programa Vale Renda, durante as reuniões mensais, sobre as regras da Tarifa Social. No site da Sedhast basta acessar no final da página o ícone “Tarifa social Energisa” para ter acesso a todas as informações sobre o programa.

O desconto da Tarifa Social de Energia Elétrica varia de acordo com a faixa de consumo de energia. Isso quer dizer que, quanto menor for o consumo, maior será o desconto na sua fatura. Quem consome acima de 220 KWH não se enquadra no perfil para requisitar a tarifa social.

Para solicitar a inclusão no programa a primeira providência é se inscrever no Cadastro Único – CadÚnico. De posse deste documento, o próximo passo é dirigir-se à agência de concessionária de energia mais próxima tendo em mãos o número de identificação social (NIS) ou número do benefício (NB) atualizado, documento original com foto e o número da unidade consumidora (ou a conta de energia elétrica).

A tarifa social é um direito do cidadão que recebe o Benefício de Prestação Continuada (BPC/LOAS) da previdência social; faz parte do Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico); ou que tenha alguém com problemas de saúde em casa que necessite de aparelhos médicos na residência.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *