Governo inicia aumento de leitos de UTI para combate ao Covid-19 na Capital e interior

Considerado o epicentro da doença no Estado, Campo Grande, passa a contar com mais dez novos leitos de UTI para tratamento da Covid-19 no Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, a partir desta segunda-feira, dia 27.

Segundo o Secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica Eduardo Riedel a ação vai minimizar os impactos e ampliar os leitos não só para Capital, mas para Mato Grosso do Sul. Riedel ressaltou que na Capital, somente 10% dos leitos clínicos e de UTI são ocupados por pessoas que vem do interior.

Apesar da ampliação de leitos, a taxa de ocupação é altíssima, de 96% na macrorregião de Campo Grande. Por isso, o Secretário reforça a necessidade do isolamento social.

A Capital é hoje considerada o epicentro da doença. Dos 13 óbitos registrados em apenas 24 horas, cinco são de Campo Grande. O município ocupa o primeiro lugar no ranking estadual de casos de covid-19.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *