Jardim aparece em pesquisa com o pior índice de isolamento social no MS

Enquanto a taxa média do isolamento social no Brasil é de 53,30%, Mato Grosso do Sul continua entre os estados que menos tem atendido as recomendações com índice de 45,90%. Dentre os 79 municípios o que se destacou em não cumprir as solicitações do Ministério da Saúde no Estado foi a cidade da região Sudoeste do Estado, Jardim, localizada a 250km da Capital.

Esse resultado é a soma da participação dos municípios nas medidas de enfrentamento a Covid-19. Dados do monitoramento por geolocalização desta quarta-feira (8.4) mostram variação percentual de 46% entre a melhor e a pior cidade do ranking das cidades.

Jardim na pesquisa realizada apareceu destacando que apenas 36,80% permaneceu no raio de 450 metros de sua residência nesta quarta. Apesar de o município ainda não ter nenhum caso da doença, desde segunda-feira (6) o comércio na região voltou a funcionar após a prefeitura revogar o decreto que determinava o fechamento.

Na sequência das menores taxas de isolamento estão: Mundo Novo (37,4%), Naviraí (39%), São Gabriel do Oeste (39,3%), Figueirão (39,5%), Bodoquena (39,6%), Rio Verde de Mato Grosso (40,7%), Coxim (40,9%), Aparecida do Taboado (41%), e Maracaju (41%).

No topo do ranking da população que mais ficou em casa ontem, está Jaraguari com taxa média de 82,50% de isolamento social. Entre os 10 municípios com melhores índices estão: Vicentina (70,3%), Ladário (69,9%), Japorã (67,7%), Douradina (66,7%), Laguna Carapã (65,1%), Jateí (65%), Tacuru (64,1%), Aral Moreira (63,6%) e Coronel Sapucaia (61,9%).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *