Prefeito comete crime ambiental e paraíso do Ecoturismo corre risco de desaparecer do mapa

A cidade de Bonito, localizada há 300km da Capital do Estado, considerada como um dos paraísos naturais mais lindos do mundo, vencedor de prêmios internacionais devido sua fauna e flora, sem contar que e um dos pontos turísticos mais procurados por Brasileiros e estrangeiros vem correndo sérios perigos de perder sua beleza natural tão admirada.

Diante tantos vilões e perigos o atual tem sido o prefeito Odilson Arruda Soares ( PSDB), que não tem cumprido com o compromisso de entregar as 600 toneladas de lixo ao Consorcio CIDEMA, assim entregando apenas parte do lixo para o destino legal e a população preocupada gostaria de saber sobre o destino do lixo retido.

Um dos principais problemas de contaminação das águas vem do chorume vindo deste lixo jogado no lixão da cidade. Lixão este condenado pelo MPE e que obrigou os sete municípios desta região Sudoeste do Estado darem a destinação correta através do aterro legalizado contratado pelo Consorcio, o que Bonito não tem realizado de forma plena.

Tal “economia” feita pela Prefeitura gera prejuízos imensos a natureza e o que aparentemente estava sendo descartado corretamente, mas não passa de fachada do prefeito que para pagar menos do que o contratado de 600 toneladas geradas entregue apenas parte, e o problema perpetua, podendo condenar as águas do belo paraíso natural.

Após a denuncia entregue nesta redação, a reportagem investigou e descobriu que o Aterro do Consorcio está localizado na cidade de Jardim e começou a operar em agosto.
O problema do descarte inadequado do lixo vem há tempos.

No mês de Agosto a cidade de Bonito não entregou nada de lixo para o descarte correto determinado pela justiça, em setembro entregou apenas 4% do contratado, em outubro 48% e novembro 43%. O que preocupa a população e os ambientalistas que querem explicações sobre o restante do lixo que não tem recebido o descarte legal.

Até o inicio da operação do Consorcio a cidade considerada referência de Ecoturismo não entregou 100% do volume de lixo gerado. Para aonde está indo este lixo ? pergunta que não quer calar.

One thought on “Prefeito comete crime ambiental e paraíso do Ecoturismo corre risco de desaparecer do mapa

  1. Fundamental o papel da imprensa ao divulgar informações, de modo a salvar os rios, principalmente o Formoso, com suas águas menos cristalinas. A Chácara São Jorge se propõe a colaborar com campanhas e participar de eventos que tenham como pauta a preservação do Meio Ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *