Prefeitura prorroga prazo de pagamento do IPTU e moradores gritam por atenção e manutenção do Montanine

Moradores do bairro Montanine em Três Lagoas estão pedindo por atenção do Poder Executivo, porque vivem o drama da falta do saneamento básico, um bairro que há mais de cinco anos não tem esgoto, vivem com a foça a céu aberto, falta de placas de nome de ruas e o IPTU também é caro demais segundo os moradores.

A Prefeitura prorrogou o prazo devido a Pandemia para o pagamento do IPTU ,com 20% de desconto até o dia 30 de março, mas os moradores estão vivendo um caos com as principais entradas do bairro às escuras, os matos que invadem as ruas, sem falar do problema enfrentado com a falta de placas que impede dos moradores do bairro receberem suas correspondências e entregas.

       

“Quando compro alguma coisa na loja Casas Bahias, preciso pagar um frete para entregar, porque devido a falta de placas com nome de rua, as grandes lojas não entregam porque falta a localização exata, estamos jogados aqui sem o mínimo que a administração poderia oferecer como até mesmo agora a questão da iluminação pública”relatou com indignação a moradora Joelma.

Os moradores também falaram da falta de transporte público no local. “Fui uma das primeira moradores do bairro e ao invés de melhorias vemos um total descaso. Estamos sofrendo aqui porque não há transporte público, falta uma praça cuidada para nossas crianças sem falar o problema sério devido o matagal dos terrenos que atraem bichos peçonhentos e todos os dias sofremos com escorpiões, aranhas do tipo caranguejeiras dentre outros animais”desabafou Elizabete Sanches Gimenez.

Elaine também é proprietária de um imóvel no bairro e está muito preocupada com a falta de cuidado e os problemas que estão cada vez mais recorrentes. “Agora com as chuvas e os terrenos sujos, estamos enfrentando o sério problema da dengue. A prefeitura até agora não veio aqui para multar os donos de imóveis que abandonaram os seus terrenos e os matos tomam conta até das ruas”contou Elaine.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *