Empresários da família Name são presos na Capital com suspeita de envolvimento com “Milícia”

O dia começou agitado em Campo Grande na manhã desta sexta – feira (27), quando o delegado Fábio Peró, titular do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Banco, Assalto e Sequestros), esteve cedo em condomínio de luxo no Jardim São Bento, onde moram os empresários Jamil Name e Jamil Name Filho que receberam voz de prisão preventiva,por tempo indeterminado.

Além do Garras, policiais do Batalhão de Choque, Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais) e agentes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado) estão nas ruas de Campo Grande para cumprir mandados na operação desencadeada como conseqüência de investigação sobre a formação de milícia. A força-tarefa tem “muitos outros alvos”, segundo o delegado , que não deu mais detalhes. Jamil Name e pai do deputado estadual Jamilsom Name eleito na ultima eleição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *