Família denuncia descaso do SAMU e mulher morre em casa

Na ultima sexta feira (20), em Três Lagoas por volta das 23h  Luciana Freitas da Silva, 44 anos, que sofria de esclerose múltipla veio a óbito apos família clama por socorro do SAMU que alegou não poder quebrar o protocolo e não socorreu Luciana a pedido da família.

Segundo o cunhado da vitima, Célio, sua esposa e o seu filho haviam ligado para o SAMU, mas não tinham conseguido contato. Como ele estava na rua foi diretamente ate o SAMU mas segundo o medico responsável, só poderiam enviar uma viatura se fosse feita a chamada pelo telefone. Desesperado, Celio ligou mas foi avisado que teia que estar do lado da vitima.

“Minha esposa e meu filho que estavam em casa com a vitima desesperados. Eu fiquei aguardando o responsável que ficou trancado em uma sala e alegou que não quebraria um protocolo. E infelizmente minha cunhada faleceu sem ter a chance de ter sido socorrida” contou Célio.

Apos o falecimento da vitima a família procurou a policia e registrou B.O por negligencia do SAMU.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *