PMA apreende mais de 240kg de pescados irregulares em Operação Sonora-Corumbá

   Ação da PMA (Policia militar Ambiental), apreende grande quantidades de peixes e piranhas durante fiscalização ocorrida entre os dias 11 a 15 de Março.

Operação conjunta desenvolvida por fiscais ambientais do Imasul (Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul) e policiais militares ambientais apreenderam 248 quilos de pescado retirados de forma irregular dos rios. A Operação Sonora-Corumbá foi a primeira dessa temporada de pesca em que vigora a modalidade Pesque e Solte nos rios do Estado, sendo permitido levar apenas um exemplar de peixe nativo e cinco exemplares de piranha.

“Nosso objetivo é manter o peixe no rio, fazer com que as leis e normas ambientais sejam respeitadas, que o meio ambiente seja conservado, porque dessa forma teremos turistas o ano todo, teremos movimento nos hotéis, nas pousadas e pesqueiros e teremos rios vivos. Essa é a visão do governo do Estado ao criar as normas ambientais”, disse o diretor presidente do Imasul, André Borges.

Além de embarcações e petrechos de pesca, os policiais e fiscais também apreenderam uma arma de fogo, sendo que o portador fugiu no momento em que se tentava a abordagem.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *