Deputados aprovam aumento de 20% magistrados do MS mesmo com protestos

Confusão na Assembleia Legislativa marcou a sessão desta terça (10), quando os deputados aprovaram Projeto de Lei que garante aumento de até 20% nos salários de juízes de Mato Grosso do Sul, com placar de 18 a 3.

Servidores estavam com placas contra o aumento aos magistrados “Chega de penduricalhos”. O bônus será pago aos magistrados como gratificação por excesso de trabalho.  Os servidores presentes lembraram que o TJ/MS tem o maior custo médio por magistrado do País: R$ 85,7 mil.

Deputados que votaram a favor do aumento

Antônio Vaz (Republicano), José Carlos Barbosa (DEM), Carlos Alberto David dos Santos (PSL), Eduardo Rocha (MDB), Evander Vendramini (PP), Gerson Claro (PP), Herculano Borges (SD), Jamilson Name (sem partido), Lídio Lopes (Patri), Londres Machado (PSD), Lucas de Lima (SD), Marçal Filho (PSDB), Márcio Fernandes (MDB), Neno Razuk (PTB), Onevan de Matos (PSDB), Rinaldo Modesto (PSDB), Renato Câmara (MDB) e Zé Teixeira (DEM).

Deputados Contra o aumento

José Almi (PT), Renan Contar (PSL) e Pedro Kemp (PT).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *