Governador comemora 15 edição do Festival América do Sul Pantanal mesmo diante crise nacional

Turistas e amantes da cultura estiveram ontem (14), na abertura do Festival América do Sul Pantanal (FASP), em Corumbá. O evento está em 15ª edição, se consolidando como uma grande festa cultural. Neste ano são mais de 50 atrações, todas gratuitas e contou com grande show de  Zezé di Camargo e Luciano.

Durante a abertura, o governador Reinaldo Azambuja destacou que apesar da crise que vários estados enfrentam, inclusive com atraso de salários, em Mato Grosso do Sul foi possível manter as contas em dia, obras e os festivais culturais. “Os governos enfrentam dificuldades. A maioria não consegue pagar a folha. E nos governos a primeira coisa que se corta é cultura e esporte, mas nós estamos fazendo diferente”, disse.

Reinaldo Azambuja afirmou ainda que o Festival América do Sul, que acontece até domingo (17), também é uma oportunidade para os turistas conhecerem as belezas do Pantanal Sul-mato-grossense. “Praias, existem muitas no mundo inteiro. Pantanal, só tem um e é aqui”.

De acordo com a secretaria de Estado de Cultura, Mara Caseiro, o Festival deve movimentar uma economia entre R$ 12 milhões e R$ 15 milhões em cinco dias de evento, com ocupação de hotéis e vendas em comércio, bares e restaurantes, entre outros.

O prefeito de Corumbá, Marcelo Iunes, falou da parceria do Governo do Estado com o Município e elogiou a escolha dos homenageados. Ele também destacou o aspecto econômico do evento. “Gera trabalho, renda e fomenta a economia. E é importante lembrar que Corumbá é o berço da cultura sul-mato-grossense”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *