Projeto em prol do Jardim das Primaveras foi aprovado na Casa de Leis

Recentemente a Agehab pediu à administração municipal providências para a execução das fases iniciais, do projeto em andamento, tendo em vista, a situação de vulnerabilidade financeira, das famílias, sob pena de inexecução da obra e, consequentemente, a exclusão do beneficiário do projeto Lote Urbanizado, em Tres Lagoas

Os vereadores conhecedores deste dilema aprovaram, na sessão desta terça (16), o  projeto de lei nº 54, que permitirá a doação, total ou parcialmente, de materiais de construção e contratação de serviços necessários, para garantir moradias aosbeneficiários do Jardim das Primaveras, cadastrados, no projeto Lote Urbanizado.

Com a autorização da Câmara, a Prefeitura poderá auxiliar asfamílias, na 2º etapa do projeto, que inclui 10 fases: alvenaria de elevação, verga, contraverga, cinta de respaldo e oitão; estrutura de cobertura metálica ou madeira e caixa d’água, com suporte; telhamento; instalações hidráulica e elétrica; esquadrias (janelas e portas);portas (internas); chapisco interno e externo, reboco e azulejo, nas áreas molhadas e pintura em esquadrias; equipamentos hidrossanitários e vidros; revestimento nas paredes (reboco interno e e externo) e pintura de paredes internas e externas , colocação de forro no banheiro.

Muitos vereadores lembraram da luta dos moradores, do Jardim das Primaveras, há mais de uma década, destacando representantes como o senhor Francisco Braga, conhecido como Chiquinho, Movimento de Luta pela Moradia, equipe da prefeitura, Agehab (Agência de Habitação Popular de Mato Grosso do Sul) e prefeito, para que as casas sejam viabilizadas.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *