Senador promove seminário internacional sobre a Rota Bioceânica

Por proposição do senador Nelsinho Trad (PSD/MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores e Defesa Nacional do Senado, o Parlamento do Mercosul promoveu na  última segunda-feira (24), o seminário internacional sobre a Rota Bioceânica.
Sobre p evento o senador destacou: “É uma oportunidade do mundo conhecer a Rota Bioceânica, que vai trazer mais desenvolvimento para o Brasil e, principalmente, para o nosso Mato Grosso do Sul”, destaca o senador Nelsinho Trad, que vai abrir o painel de debates sobre o corredor bioceânico e é presidente da representação brasileira do Parlasul no Congresso.
De acordo com os organizadores do evento, o Parlamento do Mercosul, tem hoje três espaços econômicos em processo de consolidação no mundo (América do Norte, Europa Unificada e Ásia – Oceânia –Pacífico). Pela consolidação de uma aliança estratégica sul-americana entre o Mercosul e a Aliança do Pacífico não podem ficar de fora do acordo do formato de vinculação global do Bloco Ásia-Oceania-Pacífico, especialmente pela particularidade de ser o projeto da rota bioceânica, ainda em processo de desenvolvimento. “Defendemos o projeto em reuniões do Parlasul e fomos ouvidos”, explicou o senador Nelsinho Trad.
Para o parlamentar sul-mato-grossense, a rota bioceânica é um salto de competitividade para o Brasil, Paraguai, Chile e Argentina. “Trata-se de um corredor rodoviário bioceânico que liga os oceanos Atlântico e Pacífico. O traçado tem início em Porto Murtinho e segue até o porto de Antofagasta, no Chile, passando por Mato Grosso do Sul, norte do Paraguai e Argentina. Esse corredor vai gerar oportunidades: de Antofagasta a Xangai, viagem que dura cerca de 54 dias, levará 42 com a rota. Haverá redução do tempo de viagem e de custos”, esclareceu.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *