Acusada de assassinato declara ter agido em defesa dos filhos

A cabeleireira Joice Espíndola da Silva, 35 anos, prestou depoimento, no Fórum de Três Lagoas na tarde desta quarta-feira(21), durante o júri popular que enfrenta pelo crime cometido em 2018 contra Camilo de Freitas, quando acabou matando o rapaz com uma facada no peito.

Durante seu depoimento muito emocionado ela contou como aconteceu e afirmou ter protegido os filhos. “ Eu só agi em legítima defesa e para proteger meus filhos. Em nenhum momento fui até Ele com uma faca para matá-lo”, declarou Joice

Ela decidiu entrar na briga do rapaz e a esposa, para ver se ela precisava de ajuda, assim declarou durante o depoimento que aconteceu por volta das 15h30.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *