“Capifaixas” pintadas para chamar atenção dos motoristas do entorno da Lagoa Maior

MEDIDA SÓCIO EDUCATIVA

As capivaras acabaram se tornando um simbolo da cidade, mas por causa do grande numero delas na região da Lagoa Maior a administração através da Sec de meio Ambiente vem realizando diversas ações para diminuir os acidentes ocasionados pelas capivaras e os motoristas que muitas vezes estão em alta velocidade. A novidade da vez aplicada nesta ultima semana foi a CAPIFAIXA.

A Prefeitura de Três Lagoas, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Agronegócio (SEMEA) em parceria com a Diretoria de Trânsito, está pintando faixas educativas para chamar a atenção dos motoristas quanto à presença de capivaras na Lagoa.

Nomeadas como “Capifaixas”, essa sinalização é mais uma ação da SEMEA em preocupação com a causa animal e cuidado com as capivaras que habitam a Lagoa Maior e já fazem parte do convívio diário do três-lagoense. Recentemente, a Administração Municipal instalou placas educativas em todo o entorno da Lagoa alertando sobre a presença e trânsito desses animais.

De acordo com o secretário da pasta, Toniel Fernandes, essas faixas são exclusivamente para chamar a atenção. “O nosso objetivo é reduzir ou até mesmo zerar o número de acidentes e atropelamentos de capivaras na Circular da Lagoa. Por isso, inovamos mais uma vez e usamos a criatividade para chamar a atenção dos motoristas em relação aos animais que trafegam nessa região”, explicou.

Serão três “capifaixas” pintadas, nos trechos em que há maior índice de atropelamentos, sendo em uma frente à pista de skate, e duas próximas ao Hotel OT. Vale ressaltar que essas faixas não são para pedestres e que muito raramente as capivaras andarão sobre elas, apenas conscientizar os motoristas para reduzir a velocidade e respeitar a vida animal.  Em 2019, a SEMEA registrou 15 atendimentos de atropelamentos no local.

SEM CUSTOS EXTRAS

Segundo o secretário, as faixas foram pintadas com material que já estava disponível, logo não houve custos extras para o Município.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *