Gilmar Garcia Tosta responde sobre matéria da segunda edição do jornal

DIREITO DE RESPOSTA

A 2 edição do jornal REDE NEWS MS.COM.BR  foi distribuído na última quarta-feira (11), em Três Lagoas e trouxe uma breve retrospectiva das matérias investigativas dos últimos quatro anos envolvendo os atuais parlamentares. Como liberdade de expressão e direito o jornal está à disposição dos parlamentares que quiserem dar suas respostas diante das matérias publicadas. Assim como o presidente da Casa de Leis, André Bittencourt apresentou sua reposta, ontem (11). Nesta quinta-feira (12), o vereador Gilmar Tosta (PSB), respondeu em relação a matéria sobre  “Farra das cotas”.

NOTA enviada por Gilmar Garcia Tosta:

“Quando fui eleito em 2012, tendo assumido em janeiro de 2013, encontrei meu gabinete sem mesas , cadeiras, computadores. A câmara iria fazer licitação para equipar os gabinetes depois do recesso parlamentar. Então resolvi usar a cota parlamentar para estruturar o gabinete. Tudo que comprei com a cota transformou em patrimônio público, devidamente etiquetado . Portanto a câmara não precisou gastar com meu gabinete. Portanto, não usei absolutamente a cota para qualquer outras atividades, basta olhar o valor. O que se discutindo é a legalidade da lei que criou a cota. Mesmo que a lei venha ser julgado ilegal, até torço por isso, no meu caso darei os bens em dação em favor do patrimônio público. Faço estes esclarecimentos , colocando entre eu e você, Deus como juiz e você sabe que Ele tem o Juízo perfeito de todas as coisas.”, resposta do vereador, Gilmar Tosta (PSB).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *