Martinelli, Tosta e Yamagutti arquivam mais uma CI contra o Prefeito

Na última sessão da Casa de Leis de Três Lagoas, que não foi transmitida ao vivo, os parlamentares arquivaram mais uma investigação contra a prefeitura de Três Lagoas. E das 24 CIS abertas, uma a uma está sedo arquivada, sem muitas esplicações.

Os vereadores ainda votaram o relatório final da CI (Comissão de Investigação) que apurou denúncia de superfaturamento do pregão presencial 158/2018, feito pela Prefeitura de Três Lagoas. Após investigação dos fatos, os vereadores Celso Yamaguti (presidente), Davis Martinelli (relator) e Gilmar Garcia Tosta (membro) concluíram que as afirmações do denunciante são baseadas em dados observados, por suposição, levando o mesmo a deduzir os fatos ocorridos, sem estar diante de provas concretas e de fatos comprovados. Os vereadores recomendaram o arquivamento da denúncia, o que foi acatado pelo Plenário e o processo será encaminhado Ministério Publico.

Nesta Comissão estão dois vereadores que estavam se posicionando como oposição e curiosamente haviam anteriormente defendido a abertura e agora apresentaram que nada foi constatado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *