PSL mesmo depois de “escândalo” anuncia Comandante Ênio como pré candidato a prefeito da terceira maior cidade do MS

O registro de boletim de ocorrência envolvendo o  Coronel da PM, Ênio de Souza registrado um dia antes de sua filiação ao PSL noite de sexta (6), não paralisou o partido de anuncia.lo como principal nome, mesmo diante do caso divulgado na imprensa. O PSL o  apresentou durante ato de apresentação da Nova Mesa Diretora do partido que aconteceu sábado (7), na cidade de Três Lagoas.

O evento contou com a presença da Senadora Soraya Thronik (PSL). Durante o evento o ex comandante do 2 Batalhão da PM local afirmou que o fato que envolveu seu nome, aconteceu com seu filho e declarou “E normal o pai ter que repreender o filho”, justificando a agressão registrada no boletim de ocorrência.

O registro do boletim de ocorrência feito pelo filho do Coronel Ênio de Souza , jovem de 19 anos, afirma que o  ex comandante do Batalhão da cidade, seu pai teria o agredido com um soco na cara por ele ter se colocado na frente dos pais que discutiam.   O garoto relatou também terem brigado por causa do ingresso de Ênio para a política, conforme consta no boletim.

O presidente municipal do PSL, Marcio Hirade afirmou em uma live que o fato foi algo familiar e que não prejudica o ingresso do Ênio de Souza como  pré candidato a prefeito do partido.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *