Renée Venâncio fala a respeito da CI aberta contra ele

Vereadores de Três Lagoas abriram durante a sessão da ultima terça (13), uma Comissão Investigativa solicitada pelo MPE (Ministério Publico Estadual), a respeito de uma denuncia anonima declarando que o vereador do PSD, Renée Venâncio teria propagado ódio  usando às redes sociais e “incitado violência”, o que poderia acarretar quebra de decoro parlamentar.

O ocorrido suspeito e que será investigado pela comissão composta pelos vereadores Jorginho do Gaz, Davis Martinelli e Apostolo Ivanildo, foi que ele teria feito um comentário inadequado sobre uma matéria publicada na revista Veja a respeito de um assassinato ligando uma pessoa do MST.

Renée se defendeu afirmando que não cabe a acusação de decoro parlamentar porque foi emitida sua opinião pessoal, fora da Casa de Leis e ainda destacou sua intimidade e pensamentos particulares, afinal a opinião particular exposta foi sobre o caso publicado. “Eu achei um absurdo porque eu tenho direito de manifestação e eu acho o MST um grupo terrorista e que não ajuda em nada o desenvolvimento agrário do Brasil e quando uma pessoa se sente ameaçada por pessoas que vem com machados e facões tem todo o direito de se defenderem”, relatou Venâncio.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *